Newsletter e atualizações

Fique por dentro de notícias selecionadas pela Melo

Justiça decide que restituição de imposto de renda é impenhorável

23/09/2019

admin_meloadvogados

A 21ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo manteve decisão que indeferiu a penhora de restituição do imposto de renda por motivo de dívida. A ação movida pelo credor requeria o bloqueio do valor de R$ 2 mil.

Consta nos autos que a fundação autora da ação, credora de duas mulheres, iniciou a pesquisa de bens passíveis de penhora nos sistemas Bacenjud, Infojud e Renajud, sem obter sucesso. Sendo assim, solicitou, por meio do Infojud, cópias das declarações de imposto de renda das requeridas,  que apontaram que uma delas possuía saldo a ser restituído. Então, a fundação solicitou a penhora do valor apontado nas declarações.

Em seu voto, o relator do recurso, desembargador Décio Rodrigues, afirma que “a devolução ao contribuinte do imposto de renda retido na fonte, referente a restituição de parcela do salário, mantém sua natureza de salário e, por conseguinte, sua característica de impenhorabilidade”.

Completaram a turma julgadora os desembargadores Ademir Benedito e Itamar Gaino. A decisão foi unânime.

Processo nº 2153179-56.2019.8.26.0000

Elias Felipe Vera, advogado do Núcleo Cível.

Terceirização de mão de obra na Construção Civil

A tão mencionada Reforma Trabalhista (lei n.º 13.467 de 2017), ainda gera dúvidas e controvérsias acerca de temas em que mais foram implementadas mudanças. Nesta gama de temas, encontra-se o que a época, talvez, causou mais polêmica e até certa…

Ler mais…

Jornada de Trabalho Hospitalar: Detalhes jurídicos da jornada 12×36

Uma jornada de trabalho muito utilizada no ambiente hospitalar é a chamada “12×36”, onde o empregado trabalha durante 12 horas e descansa durante as 36 horas seguintes. A primeira previsão legal para a implementação da dita jornada está escrita na…

Ler mais…

Revisão da Vida Toda – Simples e Breve!

Nos últimos dias, tem sido muito abordado nas mídias em geral, o assunto da Revisão da Vida Toda, por conta do julgamento do tema 999 pelo Superior Tribunal de Justiça, que pacifica em todo território nacional a discussão se a…

Ler mais…

Programa minha casa minha vida passa a exigir novos prazos por parte das construtoras

Depois de idas e vindas sobre o tema, o Supremo Tribunal de Justiça, no último 11 de setembro, no bojo do julgamento do Recurso Especial Repetitivo n° 1.729.593, referente ao tema 996, fixou quatro teses jurídicas em relação às obrigações…

Ler mais…