CARF: Limite de 30% de Compensação do Prejuízo Fiscal pode ser ultrapassado em situações específicas

26 de janeiro de 2023

A 3ª Câmara da 1º Seção de Julgamentos do CARF decidiu ser possível que o limite de compensação do prejuízo fiscal, de 30% do lucro líquido, pode ser ultrapassado quando utilizado por empresa que será extinta, na hipótese de uma incorporação. A decisão foi tomada no Processo nº 19515.720327/2016-03.

O fisco havia entendido que a compensação em percentual maior que os 30% havia ofendido o previsto no art. 6º, §3º, Decreto-Lei 1.598/1977, e no art. 261, inciso III, do Decreto 9.580/2018 - Regulamento do Imposto de Renda (RIR/2018), razão pela qual autuou determinada empresa, que estava em processo de extinção por incorporação por outra companhia.

Os conselheiros entenderam não haver ofensa à legislação, uma vez que o aproveitamento da compensação se deu apenas pela incorporada que foi extinta, e nos termos do voto vencedor, “se esta extinção é total ou parcial, a sociedade com prejuízo fiscal e base de cálculo negativa, no caso de aplicação do limite (trava), ficaria privada de exercer o seu direito à compensação”. A única vedação legal existente nestes casos, é aquela que veda tal aproveitamento da compensação do prejuízo fiscal pela nova empresa resultante (art. 585 do RIR/2018).

O Auto de Infração foi julgado improcedente, decidindo-se em favor do contribuinte.

Recomendados

STJ julgará exclusão de valores retidos na fonte do empregado da base de cálculo da contribuição previdenciária

A Primeira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ) afetou os Recurso Especial 2.005.029/SC, 2.005.087/PR, 2.005.289/SC e 2.005.567/RS ao rito […]

Saiba Mais

Parcelamento PGFN, como solicitar essa transação tributária?

O parcelamento PGFN é um tipo de serviço que possibilita aos empreendedores a quitação de seus débitos. Confira mais em nosso blog!

Saiba Mais

Receita Federal autoriza créditos de PIS/COFINS sobre combustíveis, fardamento ou uniforme na prestação de serviços de manutenção

A Solução de Consulta nº 155/2023 permitiu a aquisição de créditos de PIS e COFINS sobre diversas despesas, como combustível de máquinas e demais custos adicionais, uniforme e fardamento utilizado na atividade de prestação de serviços de manutenção, e restringiu os créditos de despesas com locação de equipamentos.

Saiba Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram