CARF: Limite de 30% de Compensação do Prejuízo Fiscal pode ser ultrapassado em situações específicas

26 de janeiro de 2023

A 3ª Câmara da 1º Seção de Julgamentos do CARF decidiu ser possível que o limite de compensação do prejuízo fiscal, de 30% do lucro líquido, pode ser ultrapassado quando utilizado por empresa que será extinta, na hipótese de uma incorporação. A decisão foi tomada no Processo nº 19515.720327/2016-03.

O fisco havia entendido que a compensação em percentual maior que os 30% havia ofendido o previsto no art. 6º, §3º, Decreto-Lei 1.598/1977, e no art. 261, inciso III, do Decreto 9.580/2018 - Regulamento do Imposto de Renda (RIR/2018), razão pela qual autuou determinada empresa, que estava em processo de extinção por incorporação por outra companhia.

Os conselheiros entenderam não haver ofensa à legislação, uma vez que o aproveitamento da compensação se deu apenas pela incorporada que foi extinta, e nos termos do voto vencedor, “se esta extinção é total ou parcial, a sociedade com prejuízo fiscal e base de cálculo negativa, no caso de aplicação do limite (trava), ficaria privada de exercer o seu direito à compensação”. A única vedação legal existente nestes casos, é aquela que veda tal aproveitamento da compensação do prejuízo fiscal pela nova empresa resultante (art. 585 do RIR/2018).

O Auto de Infração foi julgado improcedente, decidindo-se em favor do contribuinte.

Recomendados

Tema 1125: o STJ define que os contribuintes poderão excluir o ICMS-ST da base de cálculo do PIS e da Cofins

A 1º Seção do STJ definiu, através do Tema 1.125, que os contribuintes substituídos processuais poderão excluir o ICMS-ST das bases de cálculo das contribuições ao PIS e a Cofins.

Saiba Mais

Compliance Trabalhista: quais as ferramentas que posso implementar na minha empresa?

Um programa de Compliance trabalhista implantado com seriedade, moldado com eficácia individualmente para cada empresa traz diversos benefícios.

Saiba Mais

STF: é retomada a possibilidade de inclusão da TUST e da TUSD da base de cálculo do ICMS pelos Estados

STF: Min. Luiz Fux deferiu medida cautelar para suspender a eficácia do artigo 2° da Lei Complementar n° 194/2022, que retirava a TUST e a TUSD da base de cálculo do ICMS.

Saiba Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram