Senado Federal aprova o PL de prorrogação da desoneração da folha de pagamento para setores chave da economia até 31/12/2027

31 de outubro de 2023

No dia 25/10/2023, o Senado Federal aprovou o Projeto de Lei nº 334/2023 que prorroga, por mais quatro anos, a desoneração da folha de pagamento de 17 dos setores da economia que mais empregam, os quais, segundo estimativas, empregam cerca de nove milhões de pessoas.

Conforme noticiado pela Melo, a proposta, embora tenha sido analisada e aprovada no Senado, em momento pretérito, retornou para nova análise dos parlamentares, na medida em que os Deputados Federais fizeram alterações no conteúdo do projeto original.

Por intermédio do PL, as empresas contempladas serão beneficiadas com a substituição da contribuição previdenciária sobre o salário dos empregados, então estabelecida em 20% sobre a folha, por alíquotas sobre a receita bruta em percentuais menores, a saber, de 1% a 4,5%, até 31/12/2027. 

Para maior detalhamento dos setores beneficiados, confira nosso website,

Dentre as inúmeras modificações levadas a efeito pelos parlamentares na Câmara dos Deputados, a única que prevaleceu, após a análise do senado Federal, foi a redução da alíquota de 2% para 1% às empresas de transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, seja municipal, intermunicipal, interestadual e internacional.

Foi mantido, contudo, o dispositivo que incluiu na desoneração da folha os municípios com até 142 mil habitantes, reduzindo a alíquota então vigente de 20% para 8%. 

 Com a aprovação, o texto segue para sanção presidencial. Há grande expectativa sobre eventuais vetos e novas modificações no Projeto de Lei. 

Assim, a Melo Advogados permanece à disposição para prestar os esclarecimentos adicionais que se fizerem necessários.

Recomendados

Transação tributária, como solicitar o parcelamento PGFN?

A transação tributária é um instrumento jurídico que permite ao contribuinte negociar débitos fiscais federais com a administração pública tributária. […]

Saiba Mais

1ª Turma do Superior Tribunal de Justiça entende que o ICMS-ST gera créditos de PIS e COFINS aos contribuintes

A 1ª Turma do STJ sedimentou entendimento no sentido de que o recolhimento de ICMS via substituição tributária gera créditos de PIS e COFINS aos contribuintes.

Saiba Mais

Edital PGDAU nº 01/2024 dispõe sobre as 4 modalidades de transação tributária por adesão no âmbito da PGFN para 2024

Conheça as quatro modalidades de transação tributária por adesão do Edital PGDAU nº 01/2024, publicado em 05/01/2024. Descubra as condições, descontos, prazos para contribuintes com dívidas consolidadas e saiba como aproveitar os benefícios para regularizar sua situação fiscal.

Saiba Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

crossmenu linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram